sábado, 4 de fevereiro de 2012

A Paixão.

"Ela vive em todos nós; dormindo, esperando,
e embora indesejada, inesperada, ela vai aparecer,
abrir as mandíbulas e gritar.
Ela nos fala, nos guia.
A paixão nos domina e nós obedecemos, que outra opção temos?
A paixão é fonte dos nossos melhores momentos;
a alegria do amor, a clareza do ódio.
Ela machuca, às vezes, mais do que podemos suportar.
Se pudéssemos viver sem paixão,
 talvez conhecessemos algum tipo de paz, mas seríamos vazios.
Quartos vazios, fechados.
Sem paixão, estaríamos verdadeiramente mortos".
- 2ª Temporada, A Paixão.


1 comentários:

Clerigoht disse...

A paixão que conhecemos é impulsiva e até um pouco egoísta, temos a necessidade de afeto, alem da necessidade de nos sentirmos especias, algo que somente pode ser preenchido com a paixão.

Um dia vamos conseguir filtrar nossas necessidades pessoais e assim conseguiremos experimentar o verdadeiro amor. Aquele amor que "nunca" nos fará sofrer!

Postar um comentário